Translate

terça-feira, 14 de novembro de 2017

O amor são gestos, o amor é sentir, o amor é dar e receber!

Ontem fui levar os rapazes à escola.
O mais velho deu-me o habitual beijinho na boca.
O mais novo deu-me o habitual abraço apertado, regado a beijinhos repenicados.
O do meio deu-me uma nega...
Tentei perceber a situação:
Eu: Filho, gosto tanto de começar o dia com um beijinho teu...
Gonçalo (8 anos): Mas eu não quero!
Eu: E se for um abraço?
Ele: Não!
Eu: Já sei! A partir de agora vou começar a dar-te o beijinho em casa, quando acordares, assim já não tens de o receber aqui, na escola...
Mas e agora, hoje, o que te posso dar?
Ele: Aperta-me o casaco, pronto! #Morri 
É afecto ou não é?
É cuidar ou não é?
É ser cuidado ou não?
É!
E soube tão bem apertar-lhe o casaco...
Cada um é como cada qual, cada um precisa de coisas tão únicas e distintas em diferentes contextos...
A igualdade está em respeitar isso mesmo! Está em ser diferente com cada um - isto é equidade, isto é amor!
Entretanto, hoje de manhã roubei-lhe o beijo, em casa, não fosse ele recusar novamente... 
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

Sem comentários:

Enviar um comentário