Translate

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Rica mãezinha...

A minha mãe a ser mãe...
Massacra-me o juízo para tratar das unhas. Não percebo porquê, já só tenho sabugos...
Expliquei, cheia de ênfase, que não tenho tempo para deixar o verniz secar e que, das poucas vezes que pinto os sabugos, fico com as unhas estragadas e fofofó, beca beca, etc e coise...
Também me agarrei ao argumento que:
- A acetona faz mal, mãe!!!
Pronto, deu-me a volta...
Um tratamento completo para as unhas, um secador e um tira-verniz sem acetona... 😂
Se bem a conheço, cada vez que vier cá a casa vai espreitar para ver se tenho usado tudo...
Agora vou telefonar-lhe a perguntar onde está o verniz... 😂😂😂
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Já fiz merd@...

Aquele momento em que percebo que meu pai tinha razão quando me dizia que tenho umas mãozinhas que parecem uns pés...
A minha sorte é que ainda não é adolescente, assim a vida para ela não acaba aqui...
Estou fartinha de repetir de mim para mim: - Ahhhh a franja cresce num instante, também não está assim tão mal! #hãhã
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Cresce e deixa crescer, faxabor!

As manhãs, por cá, têm sido do caneco!
O Didi (11 anos) tem acordado numa miscelânea de Dory Alzheimeriada com um Trump bêbado!
Pior do que aquilo que tenho passado com ele só mesmo depilar o que quer que seja com uma Epilady dos anos 80… #DóiMenosUsarUmGarfo
Assim que decide levantar-se, deambula pela casa, a disparatar e a acusar toda a gente por não saber de tudo aquilo que supostamente já estava preparado de véspera. Sim, porque todas as noites, depois do beijinho e da nossa habitual conversa fru-fru antes de adormecer, pergunto-lhe SEMPRE se preparou a roupa, a mochila, se arrumou os recados e testes assinados, o passe, o cartão da escola, a lancheira, o telemóvel, se tem as refeições marcadas, … E ele, com voz de enfado e cheio de ênfase, responde: - SIM, MÃE! #sóquenão
Defende, ardentemente, a tese conspirativa que, durante a noite, fui mexer-lhe na mala ou no casaco onde tinha os pertences, ou que o Simão Cão roubou e estragou, ou que a Clarinha deitou no lixo, ou que os irmãos esconderam… - SÓ PARA O CHATEAR (grita ele, em fúrias).
Quem costuma passar-se é o homem. Pega em seu corpitxo, despede-se, sai porta fora e quem está - está, quem não está… estivesse! Pois…
Fico eu, a Clarinha aos gritos e o mocinho encantador a esbracejar e a vomitar palavrinhas de amor… enquanto aqui a Camelória tenta encontrar soluções de última hora, para colmatar a catrefada de coisas que o menino tem em falta! E consigo sempre, se não for no imediato, desdobro-me ao longo do dia para que nada falhe.
Ahhhh mas hoje passei-me! Cansei!!! Disse-lhe um montão de barbaridades detestáveis… Foi terrível, péssimo...
E agora ando aqui a choramingar pela casa, com uma mochila gigante carregadíssima de culpa, vergonha, angústia e arrependimento… Só vai passar quando lhe voltar a pôr a vista em cima e pedir-lhe desculpa 765565556 vezes. Entretanto, já lhe telefonei, mas não é a mesma coisa!
Dei por mim a pensar que já tentei 1 milhão de estratégias - desde acordá-lo mais cedo que todos os outros, a obrigá-lo a organizar tudo à minha frente antes de se deitar, a beber um café a seguir ao pequeno-almoço (sugestão do Pediatra) e depois sim, faz a sua rotina,… Mas nada mudou ou melhorou.
Mas, hoje, ele disse algo que me deixou a pensar e poderá ser a chave para atenuar este problema:
Eu: Didi, não te esqueças de levantar a senha do passe!
Ele: Ó Mãe, vai sempre uma senhora auxiliar à sala, no dia 27, avisar que podemos ir levantar a senha! Se não foi é porque ainda não é dia 27!!!
Eu: Ah tens razão, hoje ainda é 25… Mas estás a dizer que a senhora auxiliar que, enquanto vocês estão nas salas, podia aproveitar para adiantar serviço ou para descansar, que também tem direito, anda de sala em sala a lembrar algo que é da vossa responsabilidade e dos vossos pais?! Não acho isso certo nem para ela, nem para vocês, que assim não aprendem a organizar-se e a colocar um lembrete no vosso telemóvel, por exemplo.
Ele: Olha mãe, deve ser porque lá na escola não confiam nem em nós, nem em vocês!
Fez-se um “click”! É isto! É exactamente o que se passa por cá…
Faço tudo na vez do miúdo, como se ele não tivesse competências para isso, como seu eu não confiasse nele e, de facto, é verdade, verdadinha - não confio! Se eu não confio, como pode ele confiar?
Estou em ânsias (acabei de respirar fundo) tenho pavor, medo do que isto vai dar mas… vou ter mesmo de abdicar desta minha necessidade de controlo e perfeição.
Ele tem as bases, já lhe transmiti uma, até mais que uma forma de se organizar. Ele que siga essa ou outra que se identifique mais.
Assusta-me o que vai passar-se nos primeiros dias. Acho que vai ser um desastre, com as inerentes consequências para ele mas… e então? Corre perigo de vida?! Não!
Vai perceber que se não se organizar e focar isso trará consequências chatinhas para a sua vida? Sim!
Pode ser a chave para ganhar a responsabilidade e autonomia adequadas à sua idade, e que revela fora de casa em vários contextos onde a mãezinha não pode intervir e substituir-se ao menino? Sim!
É de tal forma capaz que já foi enaltecido várias vezes por isso. Parabenizam-no a ele e dizem-me a mim que: “vê-se mesmo que vem de uma família numerosa, é um desenrascado de primeira!”.
E nunca me deu o “txanãn”, nunca percebi que o moço está carregado de razão quando diz que a culpa é minha… é sim senhor! Culpada me assumo!
Agora Universo, conspira lá a meu favor que eu vou esforçar-me para crescer e deixar que cresçam… #mêriquemenine
E eu que só queria um casalinho…
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Busted! #gorda

Aquele momento em que percebes que já nem a tua filha consegues enganar... #gorda
Ia tão bem lançada quando disse que não posso comer arroz...
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Proibir é coisinha muito inteligente...

Todas as semanas organizo o quarto dos miúdos e, ontem, quando abri uma das caixas da minha riqueza mais velha, deparei-me com dois livrinhos numa posição esquisita - a levitar... levantei-os e… “voilá”!
Escondiam toda uma parafernália de coisas que são proibidas cá em casa: pacote de batatas fritas, papéis das pastilhas Gorila #QueSaudadesAnos80Forever, pacote de caramelos, invólucros de rebuçados e pacotinhos de açúcar, tudo vazio! #AGordaProcurouBem
Lá fui falar com o moço (11 anos):
Eu: Didi, fiz umas descobertas perturbadoras no teu quarto. Tirando tudo o que já estás careca de saber relativamente à importância de não comer daquilo, eu só gostava de tentar sossegar este meu tormento: onde arranjaste dinheiro para comprar aqueles artigos medonhos?
Ele: Ahhh já sei do que estás a falar! (diz-me, aliviado #OQueMaisHaverá#Medo)
Mãe, eu não preciso de comprar nada disso, troco…
Eu: Trocas?! Contrabando?!
Ele: Sim, eu dou-lhes as maçãs verdes que tu me mandas. Eles adoram, mãe!
Fiquei estrelicadinha! Atão mas?! Isto dá que pensar…
Tive logo aquele ataque pateta, típico do "Síndrome da Mãezinha Perfeita": Ahhhhh, vou ligar para as outras desgraçadas que só compram porcaria para os filhos, ai que horror, e eu lá faria isso e “coise”, eu sou tão melhor! E andam a estragar-me a criancinha, coitadinha, que não tem cérebro, nem vontade própria, e… e… e….
Felizmente, o neurónio só me parou por uns segundos!
Obviamente que se os miúdos informassem os pais, que gostam de maçãs verdes, eles compravam! Sai mais barato que tudo o resto que eu vi naquela caixa, é saudável e a malta gosta de mandar coisas para os miúdos que sejam do agrado deles, portanto…deve ter sido o meu que convenceu os putos a não dizer nada! #ParaManterONegócio
Lá se me cresceu um dedinho de testa (também não se pode exigir mais)...
A culpa é minha que já devia ter percebido que proibir o que quer que seja é tão útil e eficaz quanto tentar enfiar umas calcinhas n.º 34 em meu corpitxo!
Eu também adoro que me proíbam de fazer o que gosto... a vontade cresce à proporção do impedimento!
Pronto, agora vou só ali pensar numa maneira de gerir isto tudo de outra forma...
Ah, e, quando vir aquelas mães, numa qualquer festa de aniversário, vou apenas dizer: sabiam que as vossas crias amam maçãs verdes? #tamojuntas#mãesunidas! Eles não se ficam a rir... #raispartaaosputos😎
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedoquatro

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Hoje temos tudo mas amanhã podemos precisar de tudo!

Só entre ontem e hoje, recebi 63 apelos relacionados com os fogos no nosso país.
Um deles era o da Núria, da página: www.facebook.com/O-Pai-a-M%C3%A3e-e-Eu-1754079274919217/
Prontifiquei-me a ajudá-la e pedi-lhe que me desse uma maozinha na compilação de todos os outros pedidos. Ela assim fez. Obrigada, Núria!
Coloquei tudo neste cartaz para que a informação consiga circular mais facilmente.
Tenho a certeza que sabem de muitos mais, por favor, deixem nos comentários tudo o que considerarem pertinente e partilhem, partilhem muito!
Obrigada!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#fogos #incêndios #Portugal

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Basta olhar para o que de melhor tivermos...

Hoje estou sozinha! Quer dizer... estou comigo... tem dias que isso é uma carga pesada, só vos digo.
Ando cansada, chata e tão coerente como uma pessoa que se queixa da TPM, da Menarca e da Menopausa - tudo junto e fé na estupidez natural!
Levantei-me cheia de ideias frescas para "recarregar baterias" e coiso e tal, e isto aquilo, ali na linha do "Namastê", estão a ver a ideia? Mas rapidinho, a despachar, a seguir “pra” Bingo que às 14h30 já tenho cá o mais velho a reclamar o almoço (ainda por cima come mais do que o paizinho, do que eu é que ainda lhe falta um tanto generoso).
Plano mental:
- Ouvir música revigorante, dançar, por exemplo, o "Single Ladies" da Beyoncé, mas tentando arduamente não partir uma perna em 3 zonas e, já agora, deixar a coluna num estado que me permita, pelo menos, ir ao wc sozinha... (o que é que foi?! Até consigo imitar muita bem aquela coisa que ela faz no finalzinho – arfar como se estivesse a suplicar por um inalador que lhe safe a Asma!);
- Fingir que trato da casa, quando na verdade escondo as misérias e espero que só me apareça gente em casa depois do pôr-do-sol, mas ATENÇÂO - Fica sempre tudo cheirosinho a roupa lavada! (minha rica Nossa Senhora das Bolas Difusoras);
- Brincar com o Simão Cão, quer dizer... deixar que me atropele, tal qual cilindro compactador, com rolo XL, e a gasóleo! Bem… menos gorda fico!
- Comer devagarinho coisas bio, sem glúten, integrais, sem lactose e, com sorte, que saibam a algo mais do que esferovite com 3 meses de mau acondicionamento…
E pronto, fico pronta para outra! – Pensei eu….
Assim que os miúdos saíram fui abrir as portadas e deparei-me com esta vista… Fiquei presa, nem sei dizer por quanto tempo...
Esqueci as manias!
Este quadro está à minha disposição diariamente, eu é que, por vezes, não estou à disposição dele…Encolhi o umbigo e agradeci à vida, aos meus, ao Universo. Neste momento, quem dera a muita gente voltar a ter uma paisagem assim. #gratidão
Bem, agora sim, vou colocar o que HOJE estou realmente a precisar:
- Tomar um banho demorado de baba de Simão Cão, deitar-me no sofá a responder a mensagens e e-mails e comer uma valente pratada de empadão de carne, na companhia única e sempre boa onda do meu mais velho!
Ahhhh e carregar no botão para deixar a casa a cheirar a roupa lavada…
O mundo não acaba hoje! #CagariCagaró
Sei lá se amanhã tenho tudo o que preciso... deixa-me aproveitar!
Namastê!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

Já somos 2000 no #tamojuntes!

Bom Dia! 😍


Que número maravilhoso!

Para os que chegaram há pouco tempo, sejam bem-vindos, fiquem o tempo que quiserem!

,Apresento-vos o Grupo de Reeducação Alimentar #tamojuntes! Aproveitem a ajuda de todos os membros e "membras" e das fantásticas profissionais que têm à vossa disposição:
Nutricionista: Ana Banza

Coach´s motivacionais: Catarina Louçada e Tatiana Ferreira


Peçam para aderir e coloquem as questões que quiserem, sem medos, lá, tudo e "todes" são aceites! 
Basta identificarem-nas.

Sabem que mais?! Não fiquem de fora, pagam o mesmo! #Tamojuntes

E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

terça-feira, 17 de outubro de 2017

domingo, 15 de outubro de 2017

Caracolório!

Didi (11 anos): Gonçalo, bora fazer uma casa para os caracóis?
Gonçalo (8 anos): Para quê?! Eles andam sempre com uma casa às costas...
Didi: Epá, imagina que é uma casa de férias, para não estarem sempre na mesma, pronto!
Pediram-me uma caixa de cartão e um breve "briefing" do habitat dos caracóis...
Chegaram agora do jardim... Dizem que é um "Caracolório"!
Confesso que estou com um niquinho de inveja... Isto tem um ar campestre, repleto de paz, de comida e boa companhia, vou perguntar a quanto está a diária.
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Ou vai ou racha!

O meu Gonçalo (8 anos) virou, subitamente, um “metrossexual” em ponto pequeno na idade e em ponto grande na exigência e na chatice…
Tudo o que vai vestir e calçar é pensado ao cagagésimo pormenor, sem esquecer o cabelitxo!
Se antes era um autêntico: “quero lá saber o que me pões no corpinho, só não me apetece ir nu, mas se tiver de ser também não é algo que me tire o sono, quem não gostar que olhe para o lado!” agora encarnou um: “a imagem vale mais que mil palavras e eu quero estar no máximo do meu melhor, quer seja para ir para a escola ou para ir até ao jardim apanhar um peúgo que caiu do estendal e quem não me respeitar vai ver-me do avesso”.
Ofereceu as cuecas todas ao que vem a seguir a si na hierarquia fraternal – o Miguel, e convenceu o primeiro da hierarquia – O Didi, a fazer uma minuciosa revisão de todos os seus boxers e a dar-lhe aqueles que já não lhe assentassem que nem uma luva… Mas atenção, só concedeu a honra de ficar com os lisos e azúis escuros, todos os outros dispensou veemente! (deixando o mais velho de boca aberta e de boxers azul cueca na mão).
As meias, só quer: “curtas mãe, muito curtas!”.
Conseguiu arranjar defeitos em todos os pares de calças! Levo-os à avozinha, que tem mãos de fada, e explicou-lhe pormenorizadamente quais os ajustes que ela teria de levar a cabo. Os calções, a seu ver, não há avó que os valha… Colocou tudo de ladecos!
Quanto às tshirt´s limitou-se a chorar, a olhar para elas...
E o cabelo?! Ai senhores o cabelo…
Começou a querer gel naquilo… Andei a gastar quilos de gel a tentar modelar aqueles pilares de aço a que simpaticamente temos de chamar cabelo, não vá o Guru da Moda enfurecer-se.
Lá percebeu que é uma missão que nos ia levar à falência ou a passar a comer gel ao pequeno-almoço, almoço e jantar.
Decidiu que cortar seria o mais correcto… Explicou TUDO à cabeleireira (inclusive o número do pente e ser usado em cada zona) mas, no fim… no fim, disse-me que nunca mais ia cortar o cabelo e que eu devo ter andado a dar instruções à cabeleira sem ele ver… Diz que o problema está na “ponta da franja”. #sejaláoqueissofor
Eu ando em modo desespero entre a vontade de o respeitar e a de o enviar empacotado em cartão canelado, com selo, para a China e com um aviso de “parte-se com facilidade” e de proibição de devolução até lhe passar o bicho...
Porquê?! Ontem fez-se luz…
O Didi, assim que chegou a casa, chamou-me à parte e diz: “Mãe, já sei porque é que o teu filho deixou de ser o Cebolinha… Vi-o atrás da escola com uma miúda! Andavam de um lado para o outro de mão dada… Ele até olhava para o céu, mãe! HAHAHAHAHAHAHHAAH. Tás feita!”
Ai não estou não! Isto passa…Eu posso esperar? Posso! Mas também posso convidá-la para um lanchinho com chá e biscoitinhos de limão e contar-lhe o meu projecto de vida para a velhice…
Não, não é ir dar a volta ao mundo com o homem, ir ao Egipto ver os Farós, ir a Paris ver a Torre Eiffel… Isto era até ontem ao almoço. Desde então é: vender a casa e o carro, pegar no homem e ir viver com o meu Gonçalo e os montes de netos que ele me irá dar, oferecer dicas de como decorar a casa, educar os netinhos e enchê-los de doces e de roupinhas que o pai e os tios vestiram… 
E eu que só queria um casalinho…
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Quem nunca?!

☝️


Mais alguém que já tenha sido recebido assim? E olhado assim durante a refeição?
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Estou bem posicionada no ranking!

Raramente me lembro de olhar para este ranking do Blogs Portugal mas hoje fui espreitar e 😮😮😮 terceiro lugar?! Uau! Grata a todos vocês!

Os dois primeiros são pagos... 😂😜😎

Vejam enquanto é tempo: https://blogsportugal.com/


E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho 
#amaedosquatro

Inteligente o camandro!

Estou há 2 dias sem computador!


Se odeio telemóveis só porque sim,  para escrever, então, é-me tão prazeiroso quanto olhar para as minhas Levis 501, de 1998…


Para poder responder às mensagens e e-mails sem esgaçar a ténue linha que sustenta a minha sanidade mental, desactivei a escrita “inteligente”! Agora só falta restabelecer as forças para responder... Essa coisa demoníaca faz-me lembrar as pessoas que nos interrompem constantemente para terminar as NOSSAS frases. #ENãoAcertamUma Levam-nos a um constante “rewind” na conversa e no raciocínio, portanto, algo que podia ser explicado em 3 segundos, demora 4 dias e só nos conseguimos fazer entender a nós mesmos (e mal)! Umas, cheias de boa intenção, fazem-no para estabelecer connosco uma relação única de empatia e compreensão. É fofinho, sim senhor, mas chato que dói! 

Outras é para botar ar no Ego, mostrar que sabem, que dominam o assunto e os nossos pensamentos e vontades e “coise”, mas não, porque se soubessem realmente o que nos vai na alma, explodiam de excesso de ar e desopilavam desgovernadamente em direcção ao local onde as mandamos mentalmente – à merd*. Há, ainda, um terceiro tipo de gente que nos interrompe - as simplesmente parvas e, é aqui, nestas últimas, que se encaixa a maquiavélica inteligência da escrita nos telemóveis. 

De facto, é um excelente teste para recrutar pessoas “zen” para desempenharem funções de apanhar moscas com pauzinhos do japonês, fora isso não sei qual o seu propósito…


Devido às ocorrências relatadas acima, estive 5 horas da minha vida a escrever no telemóvel, usando a técnica das senhoras e senhores de idade avançada e com 15 dioptrias em cada olho, este textinho, com meia dúzia de parágrafos que, em circunstâncias de alinhamento cósmico, demoraria 1 minuto e 23 segundos! Mas, eu tinha de mostrar ao mundo que sou mais forte e mais inteligente que a escrita do meu telemóvel e que o suicídio, sem bilhete de pré-aviso, do meu computador.


Venci! #ComStressPósTraumático


E eu que só queria um casalinho…

A Mãe dos Quatro!

#eeuquesoqueriaumcasalinho

#amaedosquatro (Imagem tirada da net)

domingo, 8 de outubro de 2017

Isto dói muito!

Achei que podia ir ter com o meu irmão e com a minha cunhada ao seu estabelecimento comercial… #estúpida
Seria inofensivo e pertinente, não fosse um CAFÉ!!!
Tudo o que lá está tem o dom de atrasar o trabalhinho árduo que ando a desenvolver no meu "corpitxo".
Ok, também tem lá coisas do bem (não no meu corpo, mas sim no Campus Point Café) mas atraem-me tanto como levar estalos!
Agora estou aqui a agonizar, a sangrar dos olhos com as tostinhas XL - com péssimo aspecto como podem ver, que ofereceram aos meus ricos filhos.




Como eles são seres angélicos, a cada 3 segundos perguntam, à vez, se eu quero provar e no outro tempinho que lhes resta emitem gemidos de satisfação…
O que vale é que, na mala, trouxe uma maçãzinha (Royal Gala, ahhh pois é!) tamanho "medió-pequeno" para não ficar enfartada…
Estou só aqui a tentar encontrar um sítio para a comer em paz, não vá alguém babar-se para cima de mim!
E eu que só queria um casalinho…
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Bitaites? Dispenso...

Eu e o homem fomos com o Miguel à consulta do pós-operatório, levámos a Clarinha.
A nossa ansiedade para que o rapaz se mantivesse quieto passou para os miúdos e, obviamente, teve um efeito inverso…
Ele resolveu engolir um canguru e saltar como se estivesse numa planície australiana e ela devorou toda uma Beyoncé com TPM!
Era ver-me, de olhos a sangrar de pânico, a correr atrás do canguru e o homem a revirar os olhos com os espasmos da Beyoncé deitada no chão!
Desesperados, fomos perguntar se a consulta ainda seria antes da meia noite e avisaram logo que, à nossa frente, havia todo um autocarro lotado…
Voltámos para a sala de espera. Se estávamos à arfar de cansaço e frustração, imaginem as crias…
A Clarinha decidiu que tinha chegado a hora de mostrar ao mundo todo o seu poder na alma e na voz, foi de tal maneira que o homem agarrou nela e foi renovar-lhe o oxigénio...
Nesse momento ouvi uma senhora, já com uma idade simpática, a dizer para seu marido querido:
“Era uma valente palmada!”.
Eu não respondi de imediato porque a senhora dirigiu-se ao seu marido, portanto podia estar perante um caso daquelas vontades, que são válidas em qualquer idade, de levar umas palmaditas sensuais do seu parceiro de cambalhotas, quem nunca?!
Mas a respeitável senhora insistiu e, desta vez, olhou-me olho no olho…
Não creio que eu tenha atributos suficientes para despertar vontades íntimas aqui e ali, logo, como sei que é falta de respeito deixar alguém sem resposta, disse-lhe, invadida por um onda súbita de calmaria e sorrisinho cocó:
- Olhe, eu levei muita palmadona quando era miúda e, como vê, sou extremamente mal educada e transmito isso mesmo à minha filha, portanto, não creio que seja a solução! Espere, não responda já, deixe-me ainda dizer-lhe que desejo sinceramente que, quando a senhora estiver cansada, chata, frustrada e descarregar isso tudo em alguém, não sigam o conselho que me deu. Boa tarde!
E pronto, de repente fiquei com uma surdez seletiva e resolvi ler revistas para o meu rico filho... #dispensobitaites
E eu que só queria um casalinho…
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro