Translate

domingo, 30 de abril de 2017

Aliviar o flanco?! Nunca!!!

Ontem, estava a fazer o jantar, sentidíssima com o homem, ao ponto de achar que a cozinha encolhia cada vez que ele insistia em lá entrar.
Só me apetecia mandá-lo ir dar milho aos pombos, mas isso implicava ter de lhe dirigir a palavra e nada de aliviar o flanco!
Às tantas, já com o entrecosto no forno, chega a hora de fazer arroz com feijão... CLARO, que a tampa do frasco, logo nesse dia, estava ainda mais apertada que as Levis 501 que guardo religiosamente, desde a adolescência, na esperança de voltarem a servir-me... #hahahahaha
Num dia harmonioso pediria a ajuda ao homem. #masnãoeraocaso
Fui buscar um pano, tentei rodar, tentei, tentei, tentei, tentei com tanta força que quase tive de apanhar olhos e intestino, do chão!
A esta altura dei conta que a cozinha tinha encolhido novamente - o homem estava parado a contemplar a minha figurinha, com aquele sorrizinho cocó, que dá vontade de pegar nele por uma perna e fazer-lhe o mesmo que aos tapetes - atirá-lo freneticamente contra a parede! #váriasvezes
Diz-me (com voz de Schwarzenegger):
- Queres ajuda?
(Nem respondi!!!) #óbvio
Sequei a porra da tampa, que estava a ferver. Tentei rodar, apertei com os joelhos, escarrapachei contra as pernas, saltei, mandei ao ar, fiz macumba, espalhei pozinhos de perlim pim pim, fiz ameaças graves, roguei pragas mortais e... NADA!!!!
Entretanto, oiço "plock", pensam que era a #merda da tampa a abrir-se? Não! O homem atirou para a bancada uma amêndoa com CHOCOLATE BRANCO #omeupreferido - fê-lo com aquela técnica com que atiramos amendoins para a jaula dos desgraçados dos macacos do ZOO, estão a ver a cena?!
Saiu, sorrateiro...
Olhei para todos os lados e pimba, tal qual hipopótama, devorei aquilo!
Se isto não foi abrir o flanco, não sei o que foi... - E agora?! - pensei eu.
Voltou tão rato, como entrou...
Ele: Soube-te bem? Já não estás zangada?!
Eu: Está no lixo!!!
Ele: Ahhhh já falas?! Então, diz-me, já queres a minha ajuda?
Fiquei calada, guardei o frasquinho amoroso e ninguém se queixou, ao jantar, do arrozinho BRANCO com entrecosto!
"It's a dirty job, but someone's got to do it"... #decabeçaerguida
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#tamojuntas

sábado, 29 de abril de 2017

Petrifico!


Tão eu!
Falam, falam, falam, falam... Petrifico!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

Vencedora à viiiista!!!




Muito obrigada a todos os que participaram, são fantásticos! Agradeço também às pessoas maravilhosas que estão por trás destas marcas "bbb" (boas, bonitas e baratas)!
No Dia da Criança há mais, depois disso é que podem ficar revoltados por nunca ganhar nada (conheço bem o sentimento)...
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#passatempo
#giveaway
#diadamae

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Last Call!

O passatempo do Dia da Mãe, acaba hoje! Já participaram? Não?! Façam-no aqui: goo.gl/9CFASQ. É irresistível!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Nunca mais volto a ter 4 filhos!!!

Agora que está tudo bem, tenho de partilhar convosco mais uma aventura trágica…
"Atão" não é que o Miguel (4 anos) abriu generosamente o sobrolho, na escola?!
Para quem não se lembra ou não sabe, há dois meses e pouco, passou-se algo muito semelhante com o Gonçalo (mas partiu parvamente a cabeça, o resto do filme foi praticamente o mesmo - leiam aqui: goo.gl/OIOTXE ).
E, não cheguei a contar que, 9 dias após o incidente traumático, da cabeça aberta do meu querido Gonçalo (7 anos), recebo um telefonema de um colega do Didi (11 anos) a dizer que ele tinha batido com a cabeça e não se lembrava de nada (nem em que ano estava... Informação nova também não entrava, ou se entrava, saía logo… Um pavor!). Claro que foi para o hospital…
Só estou a contar estas coisas ramelosas para o coração de uma mãe porque, como não podia deixar de ser, há situações irreais que só acontecem por cá:
O BOMBEIRO QUE OS SOCORREU ERA O MESMO!!!
Eu juro que, se não fosse o meu tremendo estado de pânico e stress, tinha tirado fotos à cara que o bombeiro fez quando voltou a ver-me entrar, esbaforida, ambulância dentro…
Ele: - OUTRA VEZ VOCÊ?! Não pode ser!!! Mas é seu filho?!
Eu: (Quando parei com os abraços ao meu Miguecas, limpei as lágrimas e, a tremelicar por todos os lados, lá lhe consegui responder) – Pois… Já sabe que tenho um arraial de filhos e eles partem a cabeça todos os dias, à vez, o sr. bombeiro é que só trabalha uma vez por mês!
E lá nos rimos, seguindo viagem, mais uma vez, com a ansiedade controlada pelo bom humor que ambos tentámos manter, com piadolas tontas, olho no olho, festas na altura certa e muita paz enviada daquele bom coração para o meu coração sufocado, de amor de mãe…
Eu, às tantas, dei por mim a pensar e a partilhar com ele que, se estes 3 malfadados episódios, ocorridos em menos de 3 meses, se tivessem passado em casa, ele ainda ia pensar que eu andava a fazer tiro ao alvo à cabeça dos miúdos…
No fim, tive de prometer-lhe que nunca mais nos víamos… Mas também prometi outra coisa:
NUNCA MAIS VOLTO A TER 4 FILHOS!!!
É a última vez… #omeucoraçãonãoaguenta
Um bem-haja, novamente, a todos os que ajudaram o meu bebé de 4 anos a sentir-se menos perdido por não ter no imediato a mão da mamã!
Graças a todos, cheguei a tempo de lhe dar a mão na ambulância e de o segurar no colo, como ele merece! Obrigado! <3
E eu que só queria um casalinho…
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

E e isto... Sempre um passo à minha frente!


E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

terça-feira, 25 de abril de 2017

Será que o homem vai casar com outro homem?!


Pois, só aí ia perceber como custa aturar um... Tá correcto! Ou seja, a probabilidade de acontecer é ainda mais reduzida do que eu pensava! #homens
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

sábado, 22 de abril de 2017

As antigas é que sabem!


Onde é que isto se passou?! Na fila para comprar pão! (Para variar...).

Consegue ser menos disparatado do que muita coisa que tenho ouvido e lido por aí... 

Será que ainda vou a tempo de enfiar os meus filhos nos ditos do homem?!

E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#sarampo
#vacinas

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Vem aí um cabaz riquíssimo para premiar uma Mãe sortuda!


Já reparam que "passatempo" é coisa que não abunda por cá.. . (deve ser do nome!). Mas... há datas que não consigo assobiar para o lado, é o caso do Dia da Mãe e do Dia da Criança (isto quando me dá é aos pares).
Aproveitem!
Depois disto só quando o blogue fizer 1 ano...
Amanhã conto tudo!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!

Os anos que eu esperei por isto... Dassss!


Finalmente uma desculpa para ser pirosa!
Primeiro pandã... Lost Colours!

E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#lostcolours

Eu e a minha mania de valorizar tudo ao pentelho...


Ainda me mandou comprar desodorizante... o caganito!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Férias?! HAHAHAHAHAH

Ao fim de duas semanas de férias, em casa, com os meus 4 filhos, tenho várias coisas queridas para contar:
1º SOBREVIVEMOS!
Literalmente, o que não me matou tornou-me mais forte (há pessoas desagradáveis que lhe chamam, mais gorda...);
2º Surpreendentemente, dei por mim a pensar que não sei se é pior quando os 3 rapazes andam ao estalo ou quando brincam em harmonia, já que as brincadeiras que geraram consenso #entreeles passaram por:
- Pontuar o barulho dos puns de 1 a 5 e o cheiro de "A" a "D". Assim, enquanto uns orgulhosamente conseguiram obter um valente D5, outros não passaram de um B3, apesar do esforço tremendo…
- Ver quem consegue saltar a maior distância entre os sofás, cadeiras, lances de escadas,… #semsepartirem
- Jogar ao mata, fazendo uso de sapatos e de laranjas e limões podres;
- Dançar e grunhir parvamente ao som de músicas ainda mais parvas;
- Congelar desperdícios que lhes saíram do corpo, tais como, unhas, cabelos e dois dentes, alegando que são “experiências importantes”;
- Empoleirar-se nos muros do nosso jardim, agarrados à rede, a chamar aos gritos, nomes inventados, como por exemplo: “Ó Humbréeeeeeelio”, “Vesgôooooooncio”, “Copertiiiiiiiiiiina”, ...;
- Testar quem come mais depressa, quem é o mais “elástico”, quem consegue beber mais água de seguida… sem rir;
(...)
3º Já deu para perceber que os 3 rapazes sempre que decidiram brincar… desligaram o cérebro. Espero que, tanto tempo sem oxigenação cerebral, não tenha deixado sequelas para todo o sempre! #nelesjáqueamimdeixou
4º Andei a funcionar à base de café, gritos e chocolate em forma de ovos, galinhas e coelhinhos, tudo recheado com amêndoa ou praliné e envolto numa irritante folhinha de alumínio às cores... Chegou a um ponto que já os "descascava" com os dentes!
5º Nem tudo foi péssimo, houve coisas apenas mazinhas e outras até roçaram o agradável!
Este cenário de enlouquecer a Santinha Montessori, permitiu que as birras, aos milhares, da minha rica filha, virassem um acontecimento suportável e comparável a música ambiente de elevador...
6º O que me valeu, e pôs fim à minha auto-penitência - resultado da mochila de culpa que carrego (por ter conseguido mantê-los a salvo de si próprios por mera sorte, por me ter apetecido mais enterrar pauzinhos de sushi nos ouvidos do que brincar com eles à sua maneira, por ter andado a comprar sopas do supermercado enquanto outras mães publicavam fotos de momentos perfeitos a cozinhar com as crias, de narizinho sujo de farinha integral, biológica e sem glúten) foi o facto de eles irem para a escola com pena das férias terem acabado. É bom sinal... gostaram! (Ou então a escola deles é mesmo, mesmo, mesmo muita má...).
Antes de saírem de casa, abraçaram-me, deram-me beijinhos lambuzados e um deles até perguntou se eu estava triste… (HAHAHAHAHAHAHA).
7º Amo-os a todos que dói, mas…. IRRA! Passados 15 dias, umas horinhas quase sozinha, serão fundamentais para reforçar o frágil fio que suporta a minha escassa sanidade mental!
CONCLUSÃO: Dói menos fazer depilação integral ao pipi com uma Epilady dos anos 80, do que estar SOZINHA, em casa, durante 15 dias, com os meus 3 rapazes e uma diva em ascensão!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#fériasescolares

terça-feira, 18 de abril de 2017

Café, urgentemente!

Isto não está fácil... Mas podia ser pior!
Haja café!!!

E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Desde que não seja caseira...

Por uma questão de logística, comprei uma sopa embalada, da marca do supermercado (um dos grandes, que todos conhecem). Escolhi uma sem ingredientes estapafúrdios, nem coisas a boiar e com uma cor semelhante às minhas...
Estava certa que iam refilar com a consistência, o sabor, mas também já estou habituada... portanto, arrisquei!
Cheguei a casa, coloquei na panela ao lume, para que pensassem que estava acabadinha de fazer...
Eu: Almoçaaaaaarrrrrr! (Coloco, em ânsias, a sopa nos pratos, até respirei fundo...).
Diogo: Ehhhhh, mãe! Finalmente fazes uma sopa de jeito!!!
Miguel: Pois é!!! É a melhor sopa que já comi, mãe!!!
Diogo: Há mais?!
Gonçalo: Não há! Já repeti e acabou!
Entretanto, vou só ali meter os papéis para a reforma...
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

terça-feira, 11 de abril de 2017

Porque os animais não têm voz!


Descobri este produto fantástico e, quando fui à procura de onde seria comercializado, para poder oferecer aos meus 4 filhos, fiquei comovida com a história que o rodeia! 

Já deu para perceber que, tal como eu, vocês são sensíveis a tudo o que envolva animais, ambiente, ecologia, crianças,... como tal, já vão perceber como me senti! 

1º A ideia fantástica: Lápis que quando ficam curtos, ao ponto de já não permitirem uma escrita confortável, podem ser plantados, dando origem a uma flor ou a uma erva aromática.

São, como tal, ecológicos, didácticos, reutilizáveis, mas também SOLIDÁRIOS! (Já vos conto o porquê...).
Cada lápis custa 3.20€ e existe nas seguintes variedades:
- Manjericão, salsa, hortelã, coentros, tomate cereja, girassol, amor perfeito, camomila e calêndula (salvo ruptura de stock).
(Os portes para uma unidade são 0.80€ e são 1€ para mais quantidade).

2º A história: O lucro da venda destes lápis servirá para liquidar dívidas (que rondam os 2500€) na clínica veterinária (VetOlival), que presta cuidados aos animais de rua, protegidos por um grupo de amigos de Barcelos (Streetdogs).


Estas pessoas juntaram-se com a missão de levar a cabo um trabalho voluntário, pura e simplesmente para ajudar quem não tem voz - os animais! Espreitem o site, conheçam o trabalho desta gente solidária.

Conseguem resistir?! Eu não!

Se não podem comprar, partilhem, divulguem, espalhem a palavra! Não custa nada e já estão a ajudar!

Obrigada!!!

P.S.: Resumo: 
- Página no Facebook para esclarecimento de dúvidas e encomendas: Streetdogs
- Link directo para o produto: https://goo.gl/uqn6cJ

E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#animaisderua

Promessas, leva-as o vento!

Eu e o Didi (11 anos), à conversa, ontem ao deitar... Soube tão bem!



Ele está a cumprir tanto a promessa quanto eu...#not

Estar em casa com os quatro não tem sido como ouvir passarinhos ao amanhecer... A minha banda sonora para estes dias podia ser "I will survive", da Gloria Gaynor!

Vou tentar fazer diferente... PRAAAAIIIIAAAA, aí vamos nós!

E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!



domingo, 9 de abril de 2017

Guarda-costas particular...

Aquele momento delicioso em que percebemos que o pai dos nossos filhos anda a desempenhar o seu papel de forma... razoável... :P <3#heróidosfilhos #guardacostas

E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#pai
#amor

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Queriam!!!

Dizem-me: "Ah e tal, eu não tenho nada dessas coisas da "ranhite" e assim, hahahaha, hohohohho, hehehehe, hihihihihihi".
Riam-se, riam-se, mas quem andou no metro, à hora de ponta, sem sentir o narigal invadido pelo cheirete a chulé radioactivo, a pintaínho molhado, a refogadinho apurado, a allho frito com 15 dias sem frigorífico e a sovaquina cheia de pelunguiçe, quem foi?!
FUI EU!!!
Ahhh pois é, agora roam-se para aí de inveja! (Que vou só ali assoar-me e já volto...).
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#renite
#primavera

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Não sabe partilhar!

A primeira gracinha da "piquena" que partilho convosco...
Mais uma cheia de razão... O seu a seu dono!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Em resumo, sou alérgica ao mundo...

Fui fazer exames por causa das minhas alergias de estimação, que com o pimpilar da Primavera, populam também... Isso, a "ranhite" e a pele atópica! #estouprontaparaolixo
Fiquei assim, como mostra a foto, logo após os primeiros minutos da aplicação das amostras... Ainda estava a terminar o segundo braço e já o outro parecia ter sido picado por 18 vespas frustradas com a vida...
Poupo-vos ao horror de verem o resultado ao fim de 10 minutos. Parecia que tinha dois cotos severamente inflamados e prestes a cair! É imaginarem 40 coisinhas destas na sua reacção máxima.
No entanto, ali estive a tentar controlar-me, pensando em coisas giras e zen, tais como, mergulhar numa piscina de chocolates, mousse de oreo e cozido à portuguesa, com sushi a rodear as bordas da piscina e caipirinhas à discrição...
Contudo, teria sido mais fácil focar-me se não estivesse uma simpática senhora, sentada ao meu lado, em profundo sofrimento...
O enfermeiro vai em seu auxílio, preocupado. Observa-lhe o braço e diz: "aaaah isso é a amostra de controlo, ainda não fez reacção a nada...".
Entretanto, o enfermeiro olha para mim e, apesar de tentar fazer uso de um ar calmo, os seus olhos esbugalharam tanto que quase levei as mãos à frente, num reflexo para lhe apanhar os olhinhos escangalhados... Diz-me, num tom suave, tal qual pintassilgo:
- Olhe, a senhora é que talvez seja melhor acompanhar-me...
Assim fiz. Chegados ao consultório, pergunta-me:
- Sente-se bem?
Eu: Claramente! Tirando a ligeira comichão que vai desde as unhas dos pés, até dentro dos olhos, passando pelo céu da boca e terminado nos dentes, está tudo óptimo...
(eu sentia-me prestes a ter um ataque de asma, regado com um surto psicótico).
Ele: (Riu-se...) O tempo estipulado ainda não passou, mas vou ter mesmo de lhe tirar isso. #ahvejaláseémesmonecessário Olhe que até fez reacção a uma árvore que só há nos países nórdicos! #Uau! Você até é alérgica à Oliveira!!! Há muito tempo que não via nada assim... #tirelámaséessamerda
Eu pensei de mim para mim: Mas porque raio é que me aplicou uma amostra de uma árvore que só há nos países nórdicos?! Será que tem medo que eu me enfie horas a fio no IKEA?! Se é isso vê-se bem que não conhece o homem que tenho... Será que também aplicou uma amostra de crocodilo do Nilo? Ou de hipopótamo albino?! Muito provavelmente eu faria reação, mas... para quê?!?!
Apesar de falar como um cientista louco e deslumbrado com a minha desgraça, era um enfermeiro simpático, visivelmente surpreendido e preocupado, não fosse isso e eu mandava-o ir arrancar cabelos com uma pinça!
Aplicou-me um creme, que segundo ele, é milagroso a tirar comichão e vermelhidão... mas deve funcionar apenas em quem é boa pessoa, já que eu, no dia a seguir, ainda tinha estragos consideráveis, mas atenção, tirou bem a tinta da caneta, para isso é perfeito! RECOMENDO!
E eu que só queria um casalinho...
A Mãe dos Quatro!
#eeuquesoqueriaumcasalinho
#amaedosquatro
#primavera
#alergias
#renite
#peleatopica